4 comentários

O Polvo fez 1 ano

1 ano. À um ano que mexo estes tentáculos.

Eu sei que é o cliché habitual mas parece mesmo que foi ontem que comecei, e nem posso dizer que a culpa é do regresso do calor de Maio porque o vento lá fora diz-me outra coisa…

O verão passado foi muito lento… E foi de tal maneira que no dia 19 de Maio de 2012 decidi finalmente por as mãos à obra e dedicar-me a um blog – na sua maior parte sobre videojogos – não só para me ocupar com alguma coisa ou fazer algo construtivo mas, também, porque tinha muita coisa para dizer e não tinha onde libertar essa tonelada de informação a não ser em cima de gente inocente que me perguntava “Kunio kun? O que é isso?“.

A verdade é que já brinquei com a ideia de criar um blog antes. Já tinha pensado nisto no ano anterior e no ano antes desse, mas pensei sempre que, ou não tinha a capacidade para escrever textos minimamente decentes (afinal, eu não sou nenhum escritor, ar, ar), ou não podia acompanhar o ritmo de escrever constantemente, ou, e esta era a questão mais importante para mim na altura, porquê escrever quando ninguém vai ler os meus textos? Afinal de contas, Kunio kun não é, bem, uma série popular por estas andanças.

Já agora, para aqueles que só agora chegaram, o meu blog não é literalmente dedicado à série de jogos Kunio kun. Também falo sobre outras coisas 🙂

octopus_by_pickledance

Não sei se foram as maratonas de Cartoon Network que fiz em miúdo ou as horas perdidas no Final Fantasy VII mas hoje em dia posso dizer que sou bem fluente em Inglês, o que ainda me levou a perguntar-me se valeria a pena escrever um blog em Português quando poderia fazer o mesmo em Inglês e ter muito mais atenção centrada nos meus textos.

No entanto, um dia, à cerca de um ano e meio, estava a passear pela Internet quando encontro um link para um blog sobre videojogos numa signature de um fórum e decido investigar. Esse blog era o greenhillszone.wordpress.com e foi aqui que descobri a comunidade de “nerds a escrever sobre jogos e filmes e etc” Portugueses (que também podem descobrir com os links que tenho espalhados aqui pelo site).

Foi assim que percebi que ia criar um blog, em Português, e falar sobre todas as nerdices (termo técnico) que me apetecessem, nem que fosse, pelo menos, para minha satisfação pessoal, ou, porque não, para melhorar a minha escrita. Hoje eu sei que estava a precisar das duas coisas.

Olhando para trás, para este último ano, noto imediatamente os textos mais antigos, que hoje em dia talvez escrevesse de outra forma, ou certos artigos que precisariam de mais uns toques e revisões, mas também tenho a certeza que vou dizer o mesmo dos meus textos actuais se ainda cá estiver daqui a mais 4 estações…

Resta-me só dizer que, embora não seja tão produtivo como era no verão passado, ainda vou passar por aqui quando tiver a necessidade de escrever alguma coisa em especial que me passe pela cabeça.

Neste momento o polvo ainda é novo e não sabe o que faz.

Game-face_2731528Obrigado a todos os que passaram e continuam a passar por aqui!

Anúncios

4 comments on “O Polvo fez 1 ano

  1. Opáh e continua lá com isso, que gosto muito de ler este blog ;), que mais anos venham e não deixes isto morrer. Abraços

  2. Muitos parabéns polvo! 😀

    Também parece que foi ontem que descobri o teu blog, Não penses que te estou a dar graxa ou algo do género, mas és de longe uma das pessoas que melhor escreve sobre videojogos em português nestas internetes da vida, tens um estilo informal com boa comédia que muito me agrada. E claro nada bate aquele momento em que estava a jogar Half-Life há uns meses e o pobre Barney tenta em vão salvar o dia numa carga suicida contra os tentáculos e ouvi a lendárias frase que originou o nome do teu lar. Gosto de pensar que o Marc Laidlaw gostou do teu blog e viajou para o passado e referencia-lo no jogo 😀

    Que venham mais anos de vida, aparentemente a esperança média de vida dum polvo são 12 meses, por isso a partir de agora é sempre um bónus 😀

    • Obrigado! 😀

      Um dia destes ainda encontro uma máquina do tempo e dou a dica ao Marc, senão ainda nos vemos com paradoxos e realidades alternativas e isso é muito trabalho para um simples polvo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: